quinta-feira, maio 28, 2015

Visita Nortuna...




As sombras transportam você a mim....
Lá fora a tempestade se aproxima a cada instante...
Como areia das ruas que passam por baixo de minha porta....
Logo em minha frente vislumbro duas dunas....
Ergo as mãos e sinto - as firmes e macias...
Tragoa a mim num solavanco delicado...
Enrosco - me como uma giboia esmagando sua voz...
Um mito, um desejo, uma deusa de sombras e areias...
Vinda do inexplicável de minha doce apaixonada alma....
Carne arisca,pele vulcânica,lava deslizante...
Possui minhas vísceras famintas de amor...
Frios, arrepios, vazios, ardor, tremor, delirio,amor....
Tortura gostosa, sabor inexplicável...
Calor insuportável...
Apossasse dos seios firmes com a boca...
Enquanto a sua voz abafada corta em suplicas e desejos pelo ar...
Sua gruta transbordando em meus dedos....
Uma dança sedutora me envolvia cada vez mais....
Me fazendo quere lá delirantemente a cada instante...
Seus beijos mistérios indisvendaveis me entorpecem...
Uma cruzada sem fim em seu mundo...
Sem mapa, sem bússola, sem coordenadas...
Apenas o instinto da carne....
Após horas percorrendo ....
Chega se ao cume , hastio uma bandeira branca ....
Que tremula com a brisa acalma de sua respiração....
Ao fundo um tum tá melodioso...
Agora cadenciado, compassado, ritmado....

A deusa de sombra e areia se esvai por debaixo da porta me deixando apenas com a escuridão de meus pensamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!