terça-feira, maio 19, 2015

Tempestade!!!





Era uma brisa fresca e suave pela manhã..
A tarde uma ventania de balançar arvores..
A noite uma tempestade de ventos...
E assim ela se foi ...
E agora???????
Mais um dia de sol...
Mas chove aqui dentro...
O peito adormecido em lágrimas...
Dores e delicias inigualáveis...
Os medos insistentes...
São para argumentar as falsas verdades que se escondem nas folhagens...
As árvores do meu jardim...
Todas zombam de mim...
 Mas eu penas vejo as folhas caídas pelo pátio da solidão...
Porém já é muito tarde...
Para um adeus sem saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!