sexta-feira, maio 15, 2015

A paciente !!!!




Era um dia de ventos fortes e frios, céu cinzento e mesmo assim a Paciente foi ao consultório...
A médica olhava o relógio e ansiava pela Paciente que ainda não chegará..
Postou se então em sua cadeira de madeira antiga...
Diminuiu a luz do consultório,fechou os olhos criando um clima confortável para se relaxar...
Inclinou sua cabeça para trás e seus pensamentos voaram de encontro a sua Paciente....
A médica beijou-a profunda e vagarosamente e tirou lhe as roupas,colocando a boca e a língua em cada centímetro de carne exposta...A Paciente estremeceu...
A Paciente deixou escapar um murmúrio quando a médica passou a ponta da língua em seus mamilos endurecidos...
A médica pegou -a pela boca,sugando -a até elas se entrelaçarem ,gemendo devagar...
A médica se despiu , depois rasgou as roupas de sua paciente e a deitou sobre a mesa , deixando o peso de seu corpo cair sobre ela...
A paciente girou sobre a médica montando-a  e deslizou os dedos pelos seios dela...
Descendo pelo ventre até a parte misteriosa que estava úmida,quente, endurecida...
Moveu-se para cima da médica ,tocando -a com sua intimidade úmida...
Depois com as pontas dos dedos , ficando mais atrevida, deslizando a mão inteira...
A paciente deslizou para baixo e delicadamente deliciou-se com o sexo úmido da médica,passou os dedos na pontinha dura e sugou furiosamente...
A médica se sentou, segurando os seios da sua paciente, ,mas ela afastou-lhe as mãos...
A paciente fez uma pausa enquanto sua respiração ventilava a carne aquecida da médica...
A Paciente pressionou os lábios na pele macia da médica , se maravilhando com textura, o sabor, a quentura...
Devagar , explorou centímetro a centímetro usando os lábios , a língua, e mesmo os dentes...
A pulsação da Paciente era latente entre as coxas, inchando-a ,umedecendo as partes sinuosas de sua feminilidade..
Quando a Paciente colocou os dedos ,a boca totalmente em sua médica, o quadril dela se ergueu na mesa ...
A médica gemeu agarrando os cabelos da sua paciente..
A paciente se afastou dela...
Um calor subiu pela Paciente..
A médica jogou a sua paciente de costas no carpete ,abrindo as pernas dela e se aninhando entre elas...
A paciente se arqueou quando a médica beijou lhe os mamilos, massageando-os com os lábios...
A médica a tocava em todos os lugares , mordendo a pontinha dos seios,enfiando os dedos em seu triângulo úmido,até a parte que pulsava as suas caricias...
A médica a tocou até que a sua paciente mordeu os lábios fincando as unhas em suas costas, arranhando seus ombros....
A médica juntou a boca a da sua paciente , beijando-a , mordendo seu queixo,enquanto adentrava as bordas macias, molhadas,e quentes com seus dedos hábeis ..
A paciente se mexeu dando boas vindas a ela, enlouquecendo com a sensação dela apertando-a , preenchendo-a...
A médica fez um movimento rápido com a mão e entrou fundo com dois dedos na sua paciente...
Uma dança rítmica,seus movimentos causando pequenas ondulações de prazer...
Um som de êxtase engasgava na garganta ...
A paciente quebrando o silêncio do consultório , seus gemidos no ar ...
Foi então que o telefone da mesa tocou ,trazendo de volta a médica de seu transe...
 Doutora : Oi , pode falar !!!
Secretária : A sua paciente acabou de chegar, posso mandar entrar????
Doutora :Pode sim !!!
A paciente adentrou a porta de seu consultório , com cabelos molhados pela chuva, elas se olharam com desejo na alma latente e os sonhos da médica se tornaram a realidade em meio as horas dá tarde.

Um comentário:

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!