segunda-feira, fevereiro 18, 2013

Momento Único....





Em uma manhã suave , Lia decidiu levar Sú para a velha fazenda.Chegando lá decidiram fazer uma caminhada.Depois das longas caminhadas já cansadas foram até o riacho descansar e por os pés na água para se refrescar, antes de voltarem para casa.
Ao chegar à beira do riacho sentaram se no chão e logo tiraram os tênis e colocaram os pés na água fria.
Sú, ao levantar os cabelos para que a brisa soprasse em seu pescoço , seus seios se moveram para cima , de maneira provocante , acompanhando o movimento dos braços, Sú totalmente distraída não perceberá que aquilo foi o suficiente para levar Lia a uma total incitação o que há fez levar os lábios ao pescoço de Sú , bejando- o delicadamente , o que a deixou totalmente arrepiada.
Lia roçou a língua ao longo daqueles lábios convidativos , provocando o frescor de seu néctar e abraçando a bem forte.Quando Sú murmurou um protesto, Lia não perdeu a chance de invadir a intimidade da sua boca deliciosa.
Trazendo a para mais perto , continuou a seduzi lá com o beijo.Como Lia se sentia bem ! Somente o tecido fino das blusas de Lia e Sú as separavam.Lia imaginava como seria quando seus corpos ficassem juntos numa ênfase ardente de amor, sem as roupas para atrapalhar .
A sensação dos seios arfantes pressionados contra os seus a fazia flutuar nas alturas.Cada vez mais excitada Lia deslizou as mãos pelas costas de Sú , como era deliciosa afaga - lá, sentir seu perfume! Quando alcançou as nádegas bem feitas , pressionou a contra seu sexo .Lia a desejava e esperava a muito tempo por aquele momento de prazer.Sentia uma vontade selvagem de fazer amor com aquela mulher.
Lia posicionou as pernas entre as coxas de Sú. Apoiada pelos braços , mantinha se levemente encostada aquele corpo macio. Elas rolaram pela grama como duas amantes.
Lia beijou os lábios , o pescoço, e enquanto umedecia seus seios com a língua morna , ia descendo lentamente o corpo e colocando se entre as coxas macias.Com ternura aprisionava na boca os mamilos , fazendo os se enrijecer de prazer.Sú aos poucos perdia o controle de si mesma .A boca feminina descia pelo seu umbigo sem parar de beija lá Logo os lábios quentes tocaram o ponto mais sensível de seu corpo.Sú arqueou o corpo querendo fugir daquela deliciosa loucura , mas Lia segurava firmes seus quadris , impedindo lhe qualquer movimento .Sua língua fazia cada vez mais investidas ousadas .Lia queria vê lá enlouquecida de prazer.
Lia beijava a boca de Sú enquanto que com mãos hábeis deslizava pelo seu ventre liso, insinuando os dedos por dentro da sua calcinha acariciando seu sexo úmido .Sú estremeceu em seus braços sovendo o gosto da plena satisfação ...
À medida que o clímax se aproximava , agarravam se com mais força uma na outra.....
Explodindo de prazer uniram se e tiveram o sono dos que amam, dos que sonham com a felicidade...
Nem que seja apenas a felicidade de um único momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!