sexta-feira, janeiro 25, 2013

Encantamento...


Artista: Fatba - Albânia

A noite vinha e Dracena o encanto esperava...
Um ser de amor apareceu como fumaça por baixo de sua porta...
Indo em sua direção como um sonho jamais sonhado...
A imagem se solidificou em diante de seus olhos incrédulos por tal visão...
Dracena explorou os lábios de Afrodite com leves toques e caricias gentis...
Acariciando aquele rosto com a palma da mão , se aventurou mais além em seu beijo receptivo..
Dracena ancorou os dedos em seus cabelos e sentiu o tentador avanço com a língua de Afrodite...
Por longos e inebriantes momentos..Dracena se perdeu em seu calor....
Um pequeno gemido saiu da boca de Dracena....
Ela foi de encontro a Afrodite ...Com os seios pressionando o seu peito...
As mãos de Dracena deslizaram pelas costas dela ....
Depois pelos quadris, enquanto ela se saboreava com aquele contorno firme....
Doce...
Afrodite era doce e selvagem ao mesmo tempo , como nada que Dracena já houvesse experimentado...
Inclinando a cabeça, ela conteve o movimento faminto daquela língua e deslizou as mãos sob seus braços até abaixo da cintura....
O coração martelava,Afrodite mudou de posição ,permitindo melhor acesso..
Enquanto o polegar de Dracena acariciava a parte de baixo de seus seios....
Dracena deslizou as mãos até as nádegas de Afrodite...
Sem desgrudar os lábios , e apertou, puxou-a contra seu sexo...
O beijo foi mais forte , mais dolorido....
Dracena jogou Afrodite de costas para ela na cama...
Alojou-se por cima de Afrodite pressionando o seu sexo pulsante, úmido quente nas nádegas de Afrodite....
Com a boca ora beijava, mordia a nuca de Afrodite, que gemia de encontro ao travesseiro...
Deslizando a língua pelas costas , lambendo , mordendo.....
Dracena apertava o bico do seio endurecido de Afrodite....
Com a outra mão deslizou para baixo e em seu próprio sexo umedeceu seus dedos sedosos...
Lentamente mergulhou ,profanando , possuindo a montanha branca de Afrodite...
Dracena fazia investida cada vez mais profunda, acelerando no ritmo em que Afrodite cadenciava..
Afrodite rebolava e se jogava de encontro aos dedos de Dracena....
Afrodite , gritava, gemia, louca de prazer que fervia suas zonas erógenas...
Dracena enfim desliza o corpo para baixo e com a língua quente faz círculos na montanha branca de Afrodite...
Adentrando a boquinha estreita com um , com dois dedos....
Então era língua na montanha branca ,dedos em sua caverna quente , inchada ,encharcada ....
Afrodite gemia ...
Enquanto Dracena mergulhava fundo nas águas quentes e convulsas de Afrodite ...
Um grito..
Um pulsar louco..
Um estrangulamento de dedos e língua...
Um estremecer nos lábios...
O gozo escorrendo nos dedos , na boca ...
Beijo na face..
Um adeus.

Um comentário:

  1. Queria fazer isso tudo com vc Rê... =(

    Aninha,

    ResponderExcluir

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!