sexta-feira, novembro 09, 2012

Desejado...




O que queres de mim...
Sou o oposto das línguas faladas...
Sou a causa de muitas magoas...
Mas sou víscera verdadeira...
Sangro por uma noite inteira..
E me despeço no fim..
Sou o desejo incontido...
Criança mimada ...
Querendo não faço mal..
Talvez nem bem...
Mas não sou hipócrita..
Abro o meu peito em resposta...
Não dou amor...
Dou apenas o momento desejado..
Sou assim ...
Um desejo ,apenas desejado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!