sábado, outubro 13, 2012

Ela & Eu...


Artista:Fatbardha Sulaj Modelo: Ge Su

Ela sentiu o corpo amolecer quando eu a abracei por trás e apertei-me contra ela. Corpo quente… Macio. Meus lábios, molhados, deslizavam pelo seu pescoço e minha respiração a fazia arrepiar. Minhas mãos, macias, a apertavam na barriga , seios e arranhavam as costas. Era tudo o que ela queria naquele momento… Sentia-se protegida! Seus seios queriam saltar para fora da blusa… Sua calcinha molhava cada vez mais! Tudo acontecia tão rápido. Senti como se o corpo dela fosse pegar fogo. Coração acelerado. Pronunciei doces e maliciosas palavras ao seu ouvido.
Fiquei excitada a manhã toda imaginando estar com ela!
Minhas mãos suavam e eu sentia misto de excitação e medo do que poderia acontecer dali pra frente.
Medo eu também sentia.
Os olhos dela me diziam que era apenas uma questão de tempo para eu estar possuindo sua alma.
Coisas de pele… De mulher pra mulher!
Minhas coxas roçavam nas dela. Sua calcinha pressionava-me pelo quadril. Ela mordia carinhosamente meus ombros e costas enquanto as unhas riscavam minhas costas. Ela tirou a blusa e seu bumbum, empinado pelo salto, me fez lamber sem parar. Senti as pernas dela, amolecerem! Eu rasguei a calcinha dela. Ela só conseguiu suspirar, assim que sentiu a minha língua invadir sua gruta e o gozo escorrer. Ela completamente ensopada! Apoiei-a na parede do quarto e o frescor da minha língua entrava e saía da gruta e ela delirava! A ponta do meu nariz arrebitado cutucava sua escuridão e os bicos dos meus seios roçavam nas dunas dela. Minhas mãos apertavam as bandas do bumbum liso e macio dela… Abria-a! Arrepiava-a na pele e contrações não cessavam. Ela não aguentou muito tempo… Agachou-se de costas para mim.
Instantes depois, Ela me abraçou novamente e me conduziu para a cama macia. Ela é linda e cheirosa!
Beijamo-nos loucamente sobre o lençol, os beijos cada vez mais quentes. Trocas de carícias por nossos corpos. Respiração e salivas se misturando sem parar. Que lábios quentes e macios… Língua manhosa… Gostosa de chupar! Deslizava pelo meu pescoço, orelhas, costas, pernas, entre dedos dos pés e voltava subindo pelas minhas pernas, virilhas, barriga, seios e apontava sobre o queixo invadindo-me na boca sedenta. Seios se amassando e cumes durinhos se roçando. Ela me realizou e vice versa. Sentia seu líquido me molhar… Os lábios até penetravam-me! O cume deslizava pela minha fenda . Exausta, caiu sobre mim. Abracei-a. Maravilhosa sensação… Estávamos suadas, descabeladas… Satisfeitas!
Eu sentia o cume pulsando sobre a minha fenda lisa. Que sensação divina! Nossos lábios duros enroscavam-se cada vez que nos mexíamos. Líquidos escorriam das nossas entranhas e molhavam arredores da caverna. Parecíamos estar deitas sobre poça de água.
Suadas, queríamos mais! Olhares de luxuria e expressões de desejo tomavam nossa atenção. Beijos ardentes. Ela me chupou os seios enquanto minha caverna chegava doer de tamanha a força das minhas contrações. Eu gemia nos braços dela! E ela? Nos meus. Desceu a língua e buscou aconchego entre minhas pernas semiabertas. Logo, me senti invadida. Revirada! Dedos, língua e lábios passeando pelas minhas entranhas. Dedos entravam e saíam enquanto eu era delírios. Assim que me apoderei do seu grande e belo quadril, quase fiz xixi ao ter um orgasmo junto com ela.lábios macios meus dedos abriram. Eu enfiava a língua o máximo que conseguia alcançar. Melado gostoso… Ora salgado… Ora azedo… Levemente picante… Ácido! Cheiro de pecado… Escuridão apertada, rachadinha e quentinha. Indefesa. Eu a possuiu. Dominada pelos meus instintos femininos mais perversos. Meus seios balançavam enquanto a penetrada nas entranças. Suas mãos macias apertavam-me na cintura e nossas coxas se esfregavam. Uma delícia foi possuí-la enquanto sentada sobre meu quadril dando-me os seios a boca. Beijos de língua entre estocadas na gruta. Corpos quentes exalando perfumes corporais e nos embriagando de prazer. Olhos abertos… Fechados… Ao ritmo das sensações! Garganta seca e respiração ofegante.
Quando ela me segura entre suas pernas e conduz minha língua, com as pontas dos dedos. Mostra-me como e onde quer que eu a chupe.
Ela abre as pernas e manda-me colocar a boca na sua fenda. Assim que encosto nos lábios, ela me prende pela cabeça. Eu fico sentindo o cheiro e o calor que vem das entranhas.. Seu corpo todo treme a cada orgasmo. Manda-me chupar seus lábios duros, um de cada vez, o balançar do cume enrijecido com minha língua. Ela delira em orgasmos frente meus carinhos de mulher. Adora quando penetro sua escuridão. Eu adentro enquanto solo sua fenda. Ela acarinha-me nos cabelos, nuca e me aperta contra sua fenda. Eu fico com meu rosto todo quente e respingado pelos seus líquidos. Saciada, Ela lambe meu rosto e nos beijamos maravilhosamente. Chupa minha língua.
Viro-a pelo avesso!Ela me prende entre seus braços e eu sinto muitos tremores no corpo enquanto ela goza ,eu me esfrego nela. Sensação que meu corpo flutua e esqueço até mesmo onde estou. O lençol sempre amassado, com cabelos caídos, marcas de umidade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!