terça-feira, agosto 21, 2012

Formigas...

As pessoas são tão parecidas quando baixam a guarda... Quando levantam também... Somos todos nós mestres do nosso destino? Acho que ao menos deveríamos ser... Onde o silencio piscava nos vagalumes... Enquanto ao redor da luz,os mosquitos dançam em uma noite cálida... Gritam todos ,assassina,assassina... Sim um verdadeiro assassinato de formigas... Que pelo caminho sempre esmagamos com o pé sem ao menos notar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!