domingo, junho 17, 2012

Casaco...






Voar além do alcance..
Sentindo o vento frio na face...
Correr mesmo sem pernas ....
É o disparo da alma plena..
Sorrir com o sorriso falho...
O coração maquiado...
O tempo do seu tic -tac..
Some como poeira espanada do acento...
Ficando ao relento...
Nos bolsos do casaco apenas documento,um lápis,uns poucos papeis,um chiclete de menta...
Nos olhos ..
Ah!!! Os olhos esses revelam a liberdade.





Um comentário:

  1. Re, outro poema que expressa a liberdade em palavras na sua forma mais plena, forma que você encontrou para escrever!!! Lindo poema, sensível, ressalta a felicidade, o alívio, o adeus ao tempo cronológico com o seu tic tac como vc escreveu!!! Gostei da passagem: "Nos olhos ..
    Ah!!! Os olhos esses revelam a liberdade." Popularmente, dizem que os olhos são o espelho da alma!!! A sabedoria popular é fantástica!!!! Adorei o poema!!! beijos, Ju :)

    ResponderExcluir

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!