quinta-feira, maio 03, 2012

Carne crua...

Então ela deslizou as mãos pelas costas ,como era delicioso afaga lá... Sentir o perfume ,as nádegas bem feitas e firmes em suas mãos... Posicionando –se entre as coisas ... Beijando os lábios ,o pescoço indo em direção aos seios com a ponta da língua morna ,úmida.. Abocanhava os seios aprisionando-os, fazendo –os se enrijecer de prazer... A boca feminina deslizava pelo seu umbigo sem parar de beija lá... Enfim os lábios quentes tocavam o ponto mais sensível de seu corpo... Arqueando o corpo em tentativa de fuga ... Era segura por mãos firmes em seus quadris que a mantinha imóvel... A língua fazia cada vez mais, investidas ousadas ,enlouquecendo-a de prazer.. Com dedos habilidosos adentrava a intimidade com a fúria ,com a delicadeza, com a gentileza dos que sabem dar prazer... Solvendo o gosto da satisfação do prazer aos sussurros ,murmúrios,delírios,gritos abafados.... Mordendo a carne,entrelaçando se na crina,puxando para dentro com desespero ... Movimentos soltos ,desencontrados .... É loucura ,luxuria,drama,prazer...um grito !!!! Estremeces convulsa aos lábios e escorre nos dedos.

Um comentário:

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!