quinta-feira, maio 17, 2012

Acabou!!!!

Já não quero amor... Nem mesmo essa alma apodrecida... Nem as areias escorrendo pelas vigas... Não suporto poesia mal escrita... Nem os poetas das benditas.. Quero apenas as entranhas aflitas... As vísceras contorcidas... O sussurro de luxuria ... A carne somente para satisfação... Não quero mais romance.. Quero desapegos sem dor... Quero só um lance seja ele como for.

Um comentário:

  1. Re, poema belo e ácido, que expressa dor, algum tipo de revolta, uma certa tristeza!!! Eu pergunto: Teria como viver de desapego sem viver com dor? Desapego tb, em certo sentido, não é expressão de dor? Quando vc escreve:"Quero apenas as entranhas aflitas... As vísceras contorcidas... O sussurro de luxuria ... A carne somente para satisfação... Não quero mais romance.. Quero desapegos sem dor... Quero só um lance seja ele como for." Nestes versos, aqui, o desapego não seria fuga, expressão de dor? Neste caso, seria desapego??? Lindo poema, beijos, Ju :)

    ResponderExcluir

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!