segunda-feira, abril 02, 2012

A fonte...


O orvalho dos seus lábios...
A pele macia..
A sede que mato em sua fonte...
A fome que sacio em sua carne...
O entrelaçar de aromas...
O carinhar adormecido...
O cheio,o gosto ,a voz...
O eco dos sussurros convulsos..
O olhar devorador de pensamentos...
Os gestos brutos e suaves...
Quente,morna ,pegando fogo a alma...
Pecados delirantes em seus braços confiantes..
O deslizar de mãos que se buscam...
Por apenas uma unificação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!