sábado, março 03, 2012

Sacos de memórias..


As pessoas criam as nuvens e ficam debaixo delas e quando começa a chover elas dizem:"Droga está chovendo "...
Sem esperança de te alcançar nesse momento eu te escrevo como sempre o fiz...
Os dedos submissos deslizam pelas teclas os pensamentos dominados pelo coração...
Você é minha fonte de eterno prazer necessário...
É a minha libertação do meu tudo...
São as minhas hora intermináveis...
É a saudade constantemente presente...
É a minha órion nas noites escuras..
Diante de tudo isso meu coração transcreve:
Que momentos são como sacos de diamantes pequenos...
Repetindo na memória aqueles únicos momentos...
Onde puxei você pela cintura...
No abraço saudoso na rodoviária...
Na doce amarga lágrima derramada..
Na culinária perfeita ao meu paladar...
No beijo de bom dia antes de sua ida ao trabalho...
No rosto cansado adentrando a porta com beijos saudosos...
No deitar de preguiça repletos de beijos e carinhos..
No encaixe perfeito dos corpos no sofá...
No beijo,no gosto,no calor,na maciez,na respiração,no cheiro...
No sorriso frouxo por qualquer motivo...
E até mesmo por me fazer de saco de batata no instinto estivador de ser..
É real...
Por isso um momento pode criar um saco cheio de momentos eternos na memória...
Revivendo cada detalhe,cada gesto,como um filme podendo parar ,rebobinar,e até mesmo avançar...
Apagar jamais ..
Porque não se pode substituir algo que eu seguiria pelo vale da morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!