segunda-feira, janeiro 16, 2012

Guerra ou paz? Escolha...

Quero paz...
Paz para viver o meu amor....
Sem as línguas malfeitoras arrasto ...
Sem a cobiça dos apegados...
Sem a inveja da multidão...
Sem as velhas conquistas implorando atenção...
E se para isso devo me afastar..
Essa é a certeza que terá....
E se ainda assim quiseres me importunar...
Serei o dragão guerreiro a te desafiar....
Não toque , não mexa no meu precioso....
Não ouse caluniar,nem falso levantar...
Serei tão impiedosa que nem em sonhos alguém poderá imaginar...
Quero apenas a paz e os sorrisos das manhãs.
                                   

Um comentário:

  1. Re, muito bom poema!!! Simples, Sincero, espontâneo e profundo no que toca ao assunto!!! Estas passagens estão ótimas "Sem a cobiça dos apegados...
    Sem a inveja da multidão...
    Sem as velhas conquistas implorando atenção..."
    Hoje em dia é extremamente dificil para o ser humano entender o sentimento verdadeiro,qualquer que seja ele, por ele ser espontâneo....isso devido a diversos fatores que nao cabe colocar aqui...viva seu amor e, como vc disse, seja o dragão se necesario for... rs... ótimo poema!!! beijos, Ju :)

    ResponderExcluir

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!