quarta-feira, dezembro 07, 2011

Natal se aproxima....

Os dias têm passado como se quisesse chegar a algum lugar ..
O inacreditável fim de ano...
O melhor fim de ano de minha vida...
Onde as dores e magoas ficaram perdidas entre um sim e um não..
Como abstrair da mente  algo tão pungente...
O fato de poder respirar todos os dias ajuda em momentos como esse...
A dor transforma...
A solidão renova...
Os conceitos se aprimoram...
Dando lugar as relíquias simples de um cotidiano...
O pensamento se enriquece de saberes,desejos ilimitados...
Flashes de um passado presente e de um futuro condizente...
A cada minuto tudo se modifica...
Misturando e separando valores e recompensas...
Afinal é a mística do natal...
E quem não acredita em Papai Noel?
Bom eu acredito ..            
E já coloquei  minha meia na arvore com um pedido nem tão grandioso...
Onde não cabem fortunas...
O meu pedido bom se ele se realizar volto aqui para lhes contar.


Um comentário:

  1. Re, este poema esta tao meigo, adorei... gostei das passagens "E quem não acredita em Papai Noel?
    Bom eu acredito ..
    E já coloquei minha meia na arvore com um pedido nem tão grandioso...
    Onde não cabem fortunas...
    O meu pedido bom se ele se realizar volto aqui para lhes contar." Penso que os pedidos se realizam quando acreditamos que eles podem se realizar....Como se diz em filosofia: "Mind over matter" adorei, bjo, Ju :)

    ResponderExcluir

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!