domingo, dezembro 04, 2011

Cabelos ao vento....

Suavemente desliza as mãos pelos cabelos...
A brisa trás o leve aroma de seu  perfumar...
Quanto tempo se passou....
E o cheiro ,o jeito , a fala não mudou....
Os olhos ainda cheios de vida....
Marcados pelas historias...
A fala mansa e sedosa para os que a conhecem de outrora...
As mãos macias ...
Marca registrada ...
O abraço esse sim acolhedor, quente, firme e cheio de pavor....
Ainda causa euforia....
Na despedida...
Deixa o olhar de quem queria...
Mas o tempo passou e no lugar um adeus de quem não ficou.

Um comentário:

  1. Re, gostei bastante desse poema...gostei da parte que diz "O abraço esse sim acolhedor, quente, firme e cheio de pavor....
    Ainda causa euforia...."Penso que o abraço é a expressao mais forte que o corpo humano pode manisfestar em todos os significados que o sentimento pode abranger... adorei o poema!!! Bjo, Ju :)

    ResponderExcluir

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!