segunda-feira, novembro 14, 2011

Alma latente....

Não tenho escolha...
Tenho um sentimento latente em minhas entranhas...
Durante um vôo noturno...
Sem asas a bater...
Flutuo em direção ao amanhecer...
As ondas estouram nas pedras....
Pedras essas do meu querer...
Sem visão noturna...
Sigo através da ternura...
A brisa refresca a alma...
Que ferve a me enlouquecer...
No rosto a expressão de angustia...
Angustia de pousar em você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!