sábado, outubro 08, 2011

Ponta do pé ....

Ponta do pé , calcanhar...
Eu mais uma vez não estava lá...
Por quê????
Não sei informar apenas não fui, não queria estar lá..
O adeus do  nosso caminhar..
Das horas que juntos corríamos até a beira mar..
Hoje não corro...
Arrasto-me...
Mas ainda posso de nossas corridas lembrar...
O que dizer, fazer, argumentar...
Tiraste os argumentos que tanto eu sei dar...
Saudades das águas de coco que nos embebedávamos ao fim do caminhar...
De você agora fico com o perdão que nunca vamos aceitar.



Um comentário:

  1. Re, postagem que expressa tristeza e uma profunda delicadeza nas palavras! Gostei bastante! Linda esta passagem:"O que dizer, fazer, argumentar...
    Tiraste os argumentos que tanto eu sei dar..." Existem coisas na vida nas quais os argumentos se calam! Abraços, Ju :)

    ResponderExcluir

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!