domingo, setembro 11, 2011

Caminhos....


Quero ir pela estrada de terra...
Você quer ir pelo asfalto...
Seguimos caminhos bem diferentes...
Sem querer nos cruzamos em algum ponto...
Seguimos ora terra ,ora asfalto ..
O que muito nos valeu à pena...
Fizemos histórias ..
Fomos temas de vários poemas...
Porém o seu querer é mais forte do que caminhar lado a lado...
Siga seu caminho de asfalto ...
Eu seguirei pelo de terra....
Gosto do som dos pássaros, dos bezerros chorando..
Você gosta de carros, de buzinas soando...
Sou intolerante, grossa ,ignorante...
Você é doce, meiga e tolerante...
Porém ainda assim somos discordantes...
A única coisa que nos uniu ...
Até quando será forte o bastante..
Para tapar os buracos das estradas errantes.

2 comentários:

  1. Re, que poema lindo!!! Gostei da seguinte passagem: "A única coisa que nos uniu ...
    Até quando será forte o bastante..
    Para tapar os buracos das estradas errantes." penso que não são somente os semelhantes ou os opostos que se atraem...mas, são os dispostos que se atraem, nao importa se sao semelhantes ou diferentes...onde há disposição, há laços que se mantém pelo decorrer do tempo...mudando, mas sempre lado a lado...abraços no seu coração minha amiga, Ju :)

    ResponderExcluir
  2. Adorei, e me fez pensar se esses laços podem manter unidos ainda em tempos de caminhos diferente? se esses mesmos laços fazem com que os caminhos voltem a se unir? :)

    ResponderExcluir

Diga se gostou, aguardo os comentários obrigada !!!